Feriadão de 12 de outubro será marcado por temporais no Brasil


Publicado em 07/10/2021 | Lido 56 vezes | Escrito por Daniel Costa


Feriadão de 12 de outubro será marcado por temporais no Brasil

O feriado prolongado do dia 12 de outubro será marcado por temporais em várias áreas do Brasil. Com a passagem de uma frente fria e a circulação dos ventos associada a um sistema de baixa pressão atmosférica no Paraguai, muitas áreas de instabilidade irão se formar pelo país. Há risco de chuva forte e volumosa especialmente em partes do Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Confira a previsão completa por Região!

Região Sul

Na Região Sul, a passagem de uma frente fria e a circulação de ventos irão colaborar para a formação de muitas áreas de instabilidade nos próximos dias. Já a partir de sexta-feira (8), a situação fica de alerta para muita chuva no Paraná e em Santa Catarina, com destaque para o interior destes estados. Nas capitais, também pode chover forte ao longo do feriado.
No Rio Grande do Sul, o predomínio será de tempo instável e chuva nos próximos dias, mas que acontece intercalando períodos de melhoria. Na Grande Porto Alegre, a previsão é de chuva principalmente no fim de semana.
Além da chuva, a Região Sul do Brasil terá mar bastante agitado nos próximos dias, e as temperaturas também ficarão mais baixas!

Região Sudeste

No Sudeste, a passagem de uma frente fria nos próximos dias e a circulação de ventos também irão contribuir para um feriado de tempo úmido e chuvoso. Os maiores volumes de chuva deverão ser observados em áreas do centro-sul de Minas, Espírito Santo e os estados do Rio De Janeiro e São Paulo, inclusive nas capitais destes estados. O destaque também fica para a costa da Região, que irá receber chuva persistente, com sensação de frio no decorrer dos próximos dias. Apenas o norte de Minas é que deve ter pouca ou nenhuma chuva até a próxima terça-feira (12).
Com a circulação de ventos associada a um grande sistema de alta pressão atmosférica, os próximos dias também serão de mar bastante agitado no Sudeste.
Previsão de quase 100mm de chuva para o litoral de SP neste feriado

Região Centro-Oeste

No Centro-Oeste do Brasil, o destaque vai para a chuva expressiva no estado de Mato Grosso do Sul. Durante os próximos dias, a atuação de um sistema de baixa pressão atmosférica vai colaborar para a formação de nuvens muito carregadas, especialmente no sul do estado, que receberá chuva frequente e volumosa nos próximos dias. No entanto, no decorrer do fim de semana, os temporais também atingem outras áreas sul-mato-grossenses, como a capital Campo Grande. A previsão também é de chuva volumosa para o sul de Goiás.

Nas demais áreas, as pancadas de chuva continuam acontecendo de forma pontual e isolada, principalmente durante a tarde e a noite. Mesmo assim, ainda há chance de temporais.

Confira a previsão completa para a região de Goiânia

Região Nordeste

O Nordeste do Brasil será região do país que terá menos chuva ao longo do feriadão. A exceção será o litoral da Bahia, que deve ter alguns dias de tempo instável devido à infiltração marítima. Mesmo assim, a chance para temporais é baixa.

As demais capitais do Nordeste terão bastante sol e calor até a próxima terça-feira, com pancadas de chuva muito rápidas e isoladas, bem comuns nesta época do ano. No interior do Nordeste, a previsão continua de tempo firme, com bastante sol e calor intenso à tarde.

Região Norte

Na Região Norte, o calor e a alta umidade continuarão provocando pancadas de chuva nos próximos dias. Mesmo assim, a sensação continua de tempo bastante abafado em todas as áreas. Ao longo do feriadão, alguns temporais serão observados em parte dos estados do Acre, Amazonas e Roraima, até com potencial para eventuais transtornos. Nas demais localidades, inclusive no Tocantins, as pancadas de chuva serão rápidas e isoladas.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 33 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para segmentos estratégicos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, investiu na instalação do LABS Climatempo, no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP), que atua na pesquisa e desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Em 2019, a Climatempo passou a fazer parte do grupo norueguês StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão, e dois anos depois, em 2021, uniu-se à Somar Meteorologia, formando a maior companhia do setor na América do Sul. A fusão das duas empresas impulsiona a Climatempo a ser protagonista global de fornecimento de dados e soluções para os setores produtivos do Brasil e demais países da América Latina, com capacidade de oferecer informações precisas de forma mais ágil e robusta.

O Grupo Climatempo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Assessoria de Comunicação da Climatempo

Olá! É muito bom ver você aqui. Colabore com o site deixando uma mensagem sobre a notícia que acabou de ler.
Sua opinião é muito importante para nós!