Governo Federal cria sistema para descadastrar pessoas do seguro-defeso


Publicado em: 10/05/2019 | 214 visualizações


Governo Federal cria sistema para descadastrar pessoas do seguro-defeso

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, dia 9, durante uma transmissão ao vivo pela internet que vai implementar já a partir da próxima semana um telefone para o descadastramento de pessoas registradas como pescadores e que recebem o auxílio do seguro-defeso, uma compensação financeira paga a pescadores em época de reprodução de peixes .

A iniciativa é para diminuir o número de fraudes e incentivar quem está cadastrado indevidamente no programa a fazer o desligamento voluntário, sem o risco de ser indiciado por falsidade ideológica. “O Brasil inteiro pediu e, em conversa com o INSS, decidimos disponibilizar a partir de segunda, dia 13, o telefone para que as pessoas possam fazer esse descadastramento”, falou o secretário nacional da Pesca, Jorge Seif Júnior.

Os interessados deverão ligar para o telefone 135 e fazer o pedido. O governo avalia que são gastos por ano R$ 2 bilhões com o seguro e que pelo menos 65% dos beneficiários ganharam o direito de forma fraudulenta.

“Quem, voluntariamente, sair do sistema, sem problema nenhum, tá anistiado. Quem teimar em ficar poderá receber um processo por falsidade ideológica, coisa que no fundo a gente não quer fazer. Isso é fraude, é desvio”, afirmou o presidente.

Em transmissão ao vivo feita em abril, Bolsonaro disse que o benefício era dado a pessoas humildes em troca de votos e que, em um Estado, o cadastro era realizado por telefone, sem necessidade de comprovação da atividade de pesca. “São pessoas humildes que foram cooptadas, sabemos disso. A gente apela agora que saia do seguro-defeso agora quem por ventura não é pescador”, disse.

Canal Rural

Deixe seu comentário