Aula Inaugural do Projovem em Salvador


Publicado em: 08/08/2018 | 1 visualizações


Aula Inaugural do Projovem em Salvador

As aulas do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem) foram iniciadas, na noite desta segunda-feira (6), em sete cidades baianas: Salvador, Dias D’Ávila, Gandu, Correntina, Arataca, Santaluz e Cícero Dantas. Dividida nas modalidades Urbano e Campo Saberes da Terra, a ação do Governo Federal é executada, na Bahia, pela Secretaria da Educação do Estado, e oferece cursos voltados à proposta pedagógica focada na elevação da escolaridade, na qualificação profissional e na formação cidadã. Nesta primeira fase estão matriculados 550 jovens, entre 18 a 29 anos de idade, que não concluíram o Ensino Fundamental e desejam aprender uma profissão.

No Colégio Estadual Otávio Mangabeira, no bairro de Narandiba, em Salvador, a aula inaugural contou com um desfile de moda e uma exposição prática sobre o funcionamento de um circuito elétrico. As duas atividades se relacionam com os arcos ocupacionais que serão oferecidos pelo Projovem na unidade escolar: Serviços Pessoais (manicure, pedicure, cabeleireiro, maquiador e depilador) e Construção e Reparos (eletricista; instalador de sistemas eletrônicos de segurança; e instalador e reparador de linhas de aparelhos de telecomunicações). Além destes, o Projovem Urbano oferece os cursos de Administração (almoxarifado e office-boy); Saúde (auxiliar administrativo em hospitais); e Agroextrativista (artesão regional e artesão florestal), todos com duração de 18 meses, para 300 estudantes.

O Projovem Urbano está promovendo aulas, também, no Colégio Estadual Helena Mata Pires, em Salvador; no Colégio Carlos Drumond de Andrade, em Dias D'Ávila; e na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Já as aulas relativas à modalidade Projovem Campo estão contemplando 250 alunos do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Campo Milton Santos, em Arataca; da Escola Municipal de Arrejolândia, em Correntina; do CEEP Lourdes Carvalho Neves Batista, em Cícero Dantas; e do CEEP Campo Paulo Freire, em Santaluz. Esses estudantes estão fazendo o curso de Produção Familiar Agrícola, que os oportuniza o aprendizado em atividades ligadas à Agroecologia, Agroindústria e Agricultura, ao longo de 24 meses de aulas.

O Projovem é um programa que assegura ao mesmo tempo formação básica, relativa ao Ensino Fundamental, qualificação profissional e formação cidadã, com aulas preferencialmente à noite. “Assim, o estudante sai do programa com um certificado que lhe garante a continuidade de estudos no Ensino Médio e a iniciação profissional, com perspectivas de inserção no mercado de trabalho. Este diferencial é importante para o público jovem", avalia a coordenadora doProjovem Bahia da Secretaria da Educação do Estado, Viani Soares. 

Segunda etapa – Além do certificado de conclusão do Ensino Fundamental na modalidade Ensino de Jovem e Adulto (EJA) e qualificação profissional integrada, o programa Projovem assegura alimentação, livros didáticos, materiais pedagógicos e uma sala de acolhimento para filhos (entre 0 e 8 anos) dos jovens matriculados. O Projovem iniciará uma segunda etapa no dia 15 de outubro de 2018. Municípios e associações interessados devem solicitar adesão pelo e-mail projovemurbanobahia@gmail.com ou projovemcampobahia@gmail.com. Os estudantes interessados em retomar os estudos terão até o dia 14 de outubro para realizar a matrícula em uma das escolas cadastradas. Dúvidas e maiores informações, entrar em contato com a equipe do Projovem Bahia, na Secretaria de Educação do Estado da Bahia, através do (71) 3115-0194.

Fotos: Divulgação

Assessoria de Comunicação - ASCOM Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Deixe seu comentário