115 dias de greve frustrada


Publicado em 2012-08-07 06:14:10 | Lido 478 vezes | Escrito por 0


115 dias de greve frustrada

Após 115 dias de mobilização, atividades, atos e protestos, os professores da rede estadual da Bahia aprovaram, em uma assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (3), pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), o fim da paralisação que atingiu todo o estado. Na segunda-feira (06), os trabalhadores da educação retomam as atividades para não prejudicar os estudantes, que iniciam o segundo semestre de 2012.

A categoria decidiu retomar as aulas após o governo estadual aceitar alguns pontos impostos pela categoria para normalizar as atividades. Dentre eles, o pagamento dos salários suspensos, a retirada dos processos judiciais, readmissão dos trabalhadores durante o movimento e nenhum tipo de retaliação ou punição contra os grevistas.

A greve foi a de mais longa duração já registrada da categoria, tendo diversas reivindicações em pauta de direitos básicos conquistados e previstos em lei, como o cumprimento do Piso Nacional Salarial do Magistério. Porém o governo colocou mais uma vez em prática seu mecanismo de massacre de movimentos trabalhistas, cortando salário, desviando as atenções da imprensa, demitindo. Dessa forma mais uma greve chega ao fim de maneira frustrada com os grevistas tendo direito apenas de reaver seus direitos grevistas, como a reposição do salário cortado, ou seja, é como se o trabalhador tivesse que se envergonhar e pedir desculpas de joelhos de algo que deveriam se orgulhar.

Comente sobre o que leu e compartilhe