Facções Criminosas Elevam Taxa de Homicídios no Nordeste


Publicado em 10/06/2024 | 49 Impressões | Escrito por Renato Abreu


Facções Criminosas Elevam Taxa de Homicídios no Nordeste

Os estados da Bahia, Pernambuco e Ceará lideram os índices de homicídios no Brasil, conforme revela um recente levantamento. A Bahia, que registrou 5.432 assassinatos, Pernambuco com 3.581 e Ceará com 3.079, destacam-se pelo crescimento da violência em 2023.

O aumento das taxas de homicídios é atribuído principalmente à expansão e intensificação das atividades de facções criminosas, como o Comando Vermelho e o Primeiro Comando da Capital (PCC). Essas organizações ampliaram sua presença e confrontos em regiões do interior, disputando o controle de áreas para tráfico de drogas e outros crimes.

Bahia no Centro da Crise

A Bahia enfrenta um aumento alarmante nos homicídios, com Salvador e sua região metropolitana entre as mais afetadas. A polícia local aponta a guerra entre facções pelo domínio de territórios como o principal motivo para a alta nos assassinatos.

Pernambuco e Ceará: Tendência de Alta

Pernambuco e Ceará também viram suas taxas de homicídios crescerem, revertendo anos de diminuição. O tráfico de drogas e o controle de rotas de transporte de substâncias ilícitas são fatores críticos. Em Pernambuco, a violência tem se espalhado de áreas urbanas para o interior, complicando ainda mais a resposta das autoridades.

Impacto e Resposta

O recrudescimento da violência coloca em questão a eficácia das políticas de segurança pública implementadas nos últimos anos. Governos estaduais e federais estão sendo pressionados a intensificar medidas de combate às facções, como aumento de efetivo policial, investimentos em inteligência e operações conjuntas.

Desafios à Segurança Pública

Especialistas apontam que, além de ações repressivas, é necessário um enfoque em políticas sociais que possam desviar os jovens da criminalidade. A integração de esforços entre diferentes níveis de governo e a sociedade civil também é considerada vital para um enfrentamento efetivo e duradouro da crise de segurança no Nordeste.

imagemveja

Fonte: Veja

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique no botão abaixo para entrar no grupo
Entre no grupo o TR Notícias
Clique no botão abaixo e siga o TR Notícias no Instagram
Seguir no Instagram