Boa Semente


Publicado em 30/03/2020 | Lido 1327 vezes | Escrito por TR-Publicidade


Boa Semente

A Associação Boa Semente foi instituída em 2006, pela Pastoral da juventude juntamente com o padre José, com o intuito de estruturar e organizar os jovens e membros das comunidades circunvizinhas, como Passagem da Gameleira, Quenta Sol, Matança, Santo Antônio, Sede, Tancão,  Baixa da Alegria, Boa sorte e Ilha de dentro, Veredinha e Volta 1. Com o objetivo na geração de renda para a permanência dos jovens na região, fomentando os movimentos sociais, pela igualdade como “o Grito dos excluídos” e as romarias. E perpetuamente nas ações de preservação ambiental, desenvolvimento sustentável, atividades culturais e de lazer.

Assim sendo, a entidade (com a parceria constante da igreja católica com os padres José, Gabriel e Mário) realizou atividades para este fim, como os projetos de artesanato, com o coco LICURI, hortas comunitárias, papelaria comunitária, viveiro de mudas, padarias, lanchonetes, biscoitarias... Participou de editais promovidos pelo governo estadual e municipal, orientados e apoiados pela pessoa de Mônica Ferraz, como o TOPA (Todos pela Alfabetização), PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), Projetos SEMEAR e BAHIA PRODUTIVA, como descritos a seguir:

2007 – Criação do projeto da Padaria comunitária Boa Semente, hoje, Biscoitaria. O viveiro de mudas na Passagem da Gameleira e hortas comunitárias;

2009 – Distribuição de sementes (feijão, sorgo e milho) vindas do governo, para cada comunidade dos associados;

2010 – Projeto SEMEAR;

2011 - Projeto de uma papelaria na cidade, para gerar renda aos jovens. (Parceria com a igreja católica);

2012 - Unidade de biscoitos em Boa sorte, Ilha de dentro e Veredinha;

2014 – Aquisição do Trator CAR, no qual a associação gerencia, pagando motorista e suas manutenções;

2015 - Aquisição de 40 barracas pelo governo do estado através da CAR (Companhia de Ação e desenvolvimento Rural – Vitória da Conquista), para a feira do Grupo de Economia Solidária de Tremedal (GEST);

2015 – Participação da seleção do Projeto Socioambiental BAHIA PRODUTIVA, pelo governo do estado com o recurso do BANCO MUNDIAL, pela SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural) através da CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, nas pessoas de Antônio Neto, Maria do Rosário, Luiz Cravo e Sandra Freitas), assessoramento por meio de um ATER? (COOPERSUBA, nas pessoas de Elza Mendes, Márcio José, Gleusson Xavier e Alana Azevedo) e de um Agente Comunitário Rural (ACR, na pessoa de Helta Almeida), esse sendo realizado por um convênio de Custeio e outro de investimento, sendo um veículo tipo PICK-UP. O veículo Pick-UP foi requisitado para auxiliar na compra dos insumos e matéria prima em conjunto e, também, na comercialização dos produtos.

 Seguindo, ambos os convênios são gerenciados pela associação, através da agente comunitária rural, que faz prestação de contas do trabalho e recurso adquirido frequentemente com os respectivos demonstrativos financeiros e documentos comprobatórios, conforme o convênio disponível no DOE (Diário Oficial do Estado) datado de 19/05/2016, especificado no plano de trabalho e termo de referência, às vistas da diretoria da entidade e contadora do projeto Bahia Produtiva.

O convênio de CUSTEIO comporta: assessoria técnica e compra de equipamentos de logística (notebook, moto, manutenção, combustível, material de expediente, câmera fotográfica e gps) no valor de R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais). E o convênio de INVESTIMENTO a aquisição do veículo PICK-UP, placa? para divulgação e serviços de terceiro e pessoa jurídica , no valor de R$ 60.734,72 (sessenta mil e setecentos e trinta e quatro reais e setenta e dois centavos).

Contrapartida da entidade: viveiro de mudas e mutirões de compostagem, plantio e cultivo de mudas, contabilidade, internet, manutenção do veículo, manutenção das contas (tarifas bancárias).

Este projeto do BAHIA PRODUTIVA veio a beneficiar, capacitando e desenvolvendo as regiões abrangidas, diretamente 20 beneficiários, mais outras pessoas aos arredores. Nisso, além do ATER COOPERSUBA/ACR, foram firmados outros parceiros como o CESOL (Centro de Economia Solidária, nas pessoas de Tiago, Clécio, Anselmo, Alexsandro, Alci Oliveira e Leiciane Brito) e SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas na pessoa de Fernando Suzart), sempre com o foco na comercialização, padronização, gestão, comercialização, contabilidade, marketing, agricultura e irrigação sustentável/agroecológica.

Atualmente, a sede da associação encontra-se na zona rural por doação do terreno (Dão e Nana, conhecidos) no povoado Matança, sendo construído com realização de bingos e festividades. Presidente, Lurdes, tesoureira, Maria Marta e secretária, Edileuza compõem a atual diretoria da associação.

Cultivo de mudas. (Viveiro Passagem da Gameleira)

Capoeira. (Recanto Boa Semente, Matança)

Teatro. (Recanto Boa Semente, Matança)

Projeto Bahia Produtiva, licitação para a aquisição de uma motocicleta e material de expediente.

Projeto Bahia Produtiva, licitação para a aquisição do veículo PICK-

Dia de Campo 

Oficina de padronização dos biscoitos e bolos

Parceria com a Igreja Católica, padre Gabriel

 

Dia de Campo

Capacitação de ACR e presidente

TOPA

Capacitação com o SEBRAE

Parceria com o CESOL

Dia de Campo

 

Visite nossa página no facebook clicando aqui

 

Olá! É muito bom ver você aqui. Colabore com o site deixando uma mensagem sobre a notícia que acabou de ler. Sua opinião é muito importante para nós!