Após início do projeto de caprinocultura em Tremedal o próximo é o da mandiocultura


Publicado em: 28/11/2018 | 107 visualizações


Após início do projeto de caprinocultura em Tremedal o próximo é o da mandiocultura

Foto ilustrativa

O projeto de caprinocultura e ovinocultura da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, iniciado em junho deste ano (reveja notícia) está começando agora a deslanchar, com todos os pré-requisitos prontos e as atividades sendo efetivadas na prática.

Para o desenvolvimento do projeto foi realizada parceria com a UESB, aquisição de 1 veículo e 3 motocicletas, contratação de três Agentes Comunitários Rurais (ACR), contratação de um veterinário e formação de 3 grupos de criadores, Terra vermelha, Riachão de pau-ferro e sede.

Os ACRs acompanham os produtores rurais, coletam fezes dos animais para exames na UESB e o veterinário realiza diagnósticos e acompanhamento dos rebanhos. Além disso a Universidade fornecerá reprodutores selecionados para o melhoramento genético dos rebanhos e está sendo implantada uma farmácia de produtos veterinários na Secretaria de Desenvolvimento Agrário.

Neste mês de novembro o processo começa de fato e se espera grandes resultados, com a melhora na produção, geração de emprego e renda e valorização do produto local.

Outro projeto que está sendo implantado é o da mandiocultura, especialmente na região do distrito Lagoa Preta, que possui terras e clima mais apropriados.

O Sr. José Dias, produtor de Ilha de dentro, próximo a Lagoa Preta, esteve na UESB com o secretário de Desenvolvimento Agrário e a engenheira agrônoma da secretaria para darem andamento a este projeto.

As espécies selecionadas para o projeto foram a Verdinha e a Poti branca, cujas mudas tratadas e livres de pragas foram fornecidas pela UESB e estão sendo utilizadas na formação de um canteiro, que deve ser o início de todo o processo do projeto.

Juliana, José Dias, Joaquim Nonato

Renato Abreu

Deixe seu comentário