Pescaria é oficialmente aberta, mas os resultados da pesca não atendem às expectativas

158 pessoas viram isso

Pescaria é oficialmente aberta, mas os resultados da pesca não atendem às expectativas

A abertura da pescaria no açude de Tremedal aconteceu oficialmente nesta quinta-feira (01 de março), assim como acontece em diversas partes do Brasil. Mas os resultados já no primeiro dia de atividade não se mostram satisfatórios para os pescadores.

Desde o ano passado que eles têm enfrentado problemas com essa atividade, que já foi a principal fonte de renda para grande parte de moradores da cidade. O motivo é a qualidade do pescado, peixes muito pequenos e a falta da principal espécie, a tilápia, de melhor comercialização na região. Segundo o presidente de uma das associações, Sr. Edgar Viana, esse ano eles se mobilizarão para repovoar a represa com filhotes de tilápia e incrementarão outras espécies para que tenham mais opções.

Na abertura da pescaria 2017 o deputado Marcelino Galo esteve na cidade e ouviu as necessidades dos pescadores sobre essa questão, que ainda persiste.

A malha das redes autorizada a ser utilizada na pescaria é de número 9 acima, porém com o tamanho reduzido do peixe, quase não se consegue pegar. As associações de pescadores possuem cerca de 35 filiados, dos quais muitos vivem da pescaria. A rotina destes trabalhadores consiste em armar redes no final de um dia e retirar no dia seguinte. Outros navegam com barco e lançam suas tarrafas. Os peixes são limpados e levados a barracas na feira livre ou congelados para venda no dia-a-dia para pessoas comuns e bares da cidade, onde é bastante apreciado frito pelos clientes.

Renato Abreu